01 Apr, 2015

Tecnologia

Prev Next

Cuidados com o uso das algemas

Tecnologia

Cuidados com o uso das algemas

O uso das algemas por policiais é um fator comum e que, no mundo todo, obedece a protocolos simples e eficientes. O mais comum é o algemamento de todo preso que...

RIP, a munição que explode no corpo

Tecnologia

RIP, a munição que explode no corpo

Recentemente foi apreendida nas mãos de criminoso no Brasil a última palavra em munição explosiva no mundo. A munição chamada RIP, ou Rest in Peace, (descanse em paz em inglês), já...

Conheça o revólver Magnum 44

Tecnologia

Conheça o revólver Magnum 44

O calibre .44 Remington Magnum, ou simplesmente .44 Magnum (10.9×33mmR), é um cartucho de grande proporção originalmente desenvolvido para revólveres. Após um período de uso ele foi adaptado para uso...

A importância da bandoleira tática

Tecnologia

A importância da bandoleira tática

Um equipamento de fundamental importância no serviço policial, especialmente nos grupos táticos e de operações especiais, é a bandoleira tática. Esse indispensável apetrecho que faz toda a diferença em uma ocorrência...

Artigos

A farda e a democracia

No último domingo, dia 15/3, a população que foi às ruas para se manifestar realizou um desfile de colaboração e civilidade, sem qualquer impostura grave que pudesse manchar a ordem, o patrimônio ou a liberdade de expressão. Em meio ao verde e amarelo das camisas e bandeiras, lá estava a farda cinza-bandeirante do soldado paulista.

Só que, desta vez, os policiais militares foram recebidos, não com pedras e rojões, mas com uma sonora e prolongada rajada de palmas. Incontáveis gestos de carinho e admiração espocaram também pelas redes sociais. Para muitos policiais militares, as cenas serão inesquecíveis, pois o povo e a sua polícia pareciam formar, entre si, um cinturão de confiança e cordialidade nunca antes visto num passado recente. Crianças queriam selfies ,, com os policiais, adultos pediam para entrar nas viaturas, famílias inteiras acenavam para a tropa... Enfim, foram tantos os votos de apoio que só nos resta a seguinte conclusão: a Polícia Militar ainda tem lugar no coração da comunidade.

Afinal, somos a única Instituição que está presente nos 645 municípios do Estado de São Paulo, a serviço do cidadão. Um policial militar fardado é capaz de resolver uma crise, mediar um conflito, restabelecer a paz, auxiliar um parto, salvar uma vida e trazer alívio às pessoas nos piores momentos da vida.

Pelo que vimos no último dia 15 de março, uma parcela significativa das pessoas confia em sua polícia e tem percepções positivas quando vê um militar fardado. Dentre todas as reações, porém, a mais importante é invisível aos olhos. Como assim? Ocorre que a farda da Polícia Militar ainda encarna todo o arsenal de valores éticos e morais tão fora de moda hoje em dia. O uniforme militar ostenta as marcas irremovíveis da nossa história e é bordada com o sangue dos policiais militares que perderam suas vidas para defender pessoas que sequer conheciam. Em outras palavras, a farda é tingida pela cor inconfundível do nosso caráter e dos ideais que um dia juramos defender.

O recado das ruas foi claro: o cinza-bandeirante de nossa farda combina muito bem com as cores da Democracia. Por esta razão, todos os policiais militares são concitados a continuar honrando a farda que vestem, principalmente por fazer cumprir a lei sem ferir os direitos humanos. Nunca devemos permitir que nossa farda seja manchada pela desonestidade, pela falta de decoro ou por práticas policiais censuráveis.

Que jamais troquemos nosso uniforme brunido pelo trapo imundo que veste os agressores da sociedade, os bandidos, os covardes. Estes, sim, são os que geralmente sentem repulsa ao militar fardado.

Ricardo Gambaroni - Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

LEIA MAIS:

Como a omissão e a impunidade assassinaram o Sargento Vieira

Morre o Sargento Vieira da PMDF em ocorrência

Quantos policiais morrem por ano no Brasil?

Depoimento da mãe do policial militar Pietro executado em São Paulo.

O massacre dos policiais no Brasil

Qual a diferença da polícia dos Estados Unidos e a do Brasil?

O homem, a polícia e os glóbulos brancos

A polícia, o bem e o mal

Sonho interrompido

Cultura Criminal

Os heróis da PM

Polícia e Bandido. Por Alexandre Garcia

Inversão moral – Amigos de rapaz preso, acusado de agressão covarde a coronel da PM, transformam a vítima em algoz

Só existe polícia militar no Brasil?

A desmilitarização da PM e o genocídio do crime no Brasil

{jcomments on}

Como a omissão e a impunidade assassinaram o Sargento Vieira

Um juramento que marca nossas vidas: Mesmo com sacrifício da própria vida! Afinal em que outra profissão alguém coloca tantas vezes a prova uma promessa desse calibre, uma aliança de auto sacrifício, em favor de ilustres desconhecidos.

Essa semana o sargento Reinaldo Francisco Vieira, 40 anos, cumpriu sua promessa, foi morto em campo, defendendo a vida de uma desconhecida, agredida por seu companheiro. Reconhecer os bons serviços prestados e honrar a memória do policial é defender o razoável e a lógica, que deveria ser tomada por todas as autoridades locais imediatamente após uma tragédia dessa proporção. Infelizmente, nas terras do ódio ao bem e do amor ao crime, até o mínimo reconhecimento se dá através de tímidas notas jornalísticas e pela presença acanhada de autoridades, não policiais, em nossos funerais. Situação que tão comum já deixou de incomodar os policiais que se resignam no propósito maior da missão, servir e proteger?

A indignação causada na morte do Sargento Vieira não é apenas em razão de sua morte prematura e violenta, que nos causa imensa tristeza e comoção, mas faz parte do exercício da profissão, conforme nosso juramento. A grande dor na perda deste profissional, que sua vida foi ceifada não apenas pelo ato de marginal, mas principalmente pela omissão da justiça brasileira, que permite que um homem com histórico de três homicídios permaneça em liberdade. Caso o assassino do sargento estivesse cumprindo pena, provavelmente nosso companheiro de farda estaria vivo. Para mim cada autoridade que liberou este marginal, conhecendo seu histórico criminoso, tem as mãos sujas com o sangue do Sargento Vieira.

Gosto de repetir o nome do Sargento Vieira para que todos que leiam este texto lembrem-se que não estamos falando de uma pessoa hipotética, de um policial qualquer, mas de homem. Como todos nos com sonhos, desejos, afetos. Neste momento um filho chora por seu pai. A esposa enxuga suas lágrimas no "símbolo augusto da paz", lembrança recebida nos últimos minutos do funeral. O estampido seco da salva de tiros só não é mais desesperador, para familiares, amigos e companheiros de trabalho, do que longo toque silêncio, que nos faz desejar a surdez ao anúncio da despedida final.

A sociedade pede a cada policial militar que, diariamente, arrisque sua vida. Receber de volta respeito pelos serviços prestados seria o esperado.

Seria, porque o padrão é o total abandono do Estado aos que mantém a paz social e o respeito às instituições da república em todas as esferas dos poderes. Admitir como normal que um sujeito, responsável pela morte de várias pessoas, esteja nas ruas, colocando em risco a vida de outras pessoas é uma vergonha. Os burocratas que realizam esses atos possuem uma visão tão turva e deturpada da realidade, que não conseguem somar dois e dois chegando ao resultado óbvio, que os marginais reincidentes, nas ruas, cometendo todo tipo de ato bárbaro, são o resultado direto de suas ações e omissões.

Assim, podem computar mais uma morte nas estatísticas, a do sargento Vieira. Só não esqueçam de anotar, para futuras pesquisas e estudos, de suas consciências cauterizadas que a morte deste policial militar pesa em seus currículos.

Para policiais que flertam com as teorias que retiram das pessoas a responsabilidade por seus atos, colocando a culpa na sociedade, na família, na desigualdade social ou em qualquer outra adversidade, lembro que são estas teorias que resultam na liberdade prematura dos mais perigosos "cidadãos em conflito com a lei".

O discurso de vitimização de criminosos e de criminalização da polícia é arma mais covarde usada pelos guerreiros da revolução cultural. Municiada com desonestidade intelectual, ela tem atuado como fator determinante para o quadro desesperador da segurança pública no país com mais de 50,000 homicídios.

O sargento Vieria foi mais uma vítima dessa guerra de idéias. A ideologia plantada nos corações e mentes de gerações de estudantes começa a produzir seus frutos mais malignos.

Que Deus possa consolar os familiares e amigos do sargento vieira neste momento tão difícil e doloroso. E que a sua morte possa ser um símbolo na luta contra a impunidade e pela valorização dos policiais militares em razão do alto grau de comprometimento e sacrifício exigidos pela profissão.

LEIA MAIS

Morre o Sargento Vieira da PMDF em ocorrência

Quantos policiais morrem por ano no Brasil?

Depoimento da mãe do policial militar Pietro executado em São Paulo.

O massacre dos policiais no Brasil

Qual a diferença da polícia dos Estados Unidos e a do Brasil?

O homem, a polícia e os glóbulos brancos

A polícia, o bem e o mal

Sonho interrompido

Cultura Criminal

Os heróis da PM

Polícia e Bandido. Por Alexandre Garcia

Inversão moral – Amigos de rapaz preso, acusado de agressão covarde a coronel da PM, transformam a vítima em algoz

Só existe polícia militar no Brasil?

A desmilitarização da PM e o genocídio do crime no Brasil

{jcomments on}

A influência das novelas na sociedade

Os danos causados pela tv na vida das crianças são enormes. Cuide dos seus filhos!Os danos causados pela tv na vida das crianças são enormes. Cuide dos seus filhos!

A sociedade, hoje, está em constante transformação e evolução, mas muitas destas mudanças não trazem benefícios para nós, cristãos, porque os valores éticos estão sendo distorcidos. Um exemplo clássico, presente nos lares brasileiros, são as novelas que, atualmente, vem construindo uma ideologia de antivalores.

Enquanto a Igreja procura evangelizar as pessoas para que possam viver uma vida segundo os ensinamentos deixados por Jesus Cristo, a maioria das novelas tem o papel de deturpar os valores cristãos como a instituição da família.

Para refletir sobre a influência das novelas e a descaracterização dos valores, convidamos padre Paulo Ricardo para participar do podcast da redação.

Ouça, na íntegra, a entrevista com padre Paulo Ricardo.

Segundo o sacerdote, existem estudos como o da pesquisa do 'Banco Interamericano de desenvolvimento', os quais comprovam que as novelas, realmente, podem gerar nas pessoas essas mudanças de comportamento.

"Sem dúvida alguma, isso é uma realidade que já está comprovada inclusive com estudos. Existe um estudo profundo que mostra como as novelas da Globo, durante as década de 70 e 80, alteraram o comportamento das famílias. Um estudo comprovado cientificamente pode medir exatamente a diferença de comportamento entre as pessoas, podendo ser comparado com o sinal da TV Globo, pois, naquela época, as novelas eram as que mais dominavam e o sinal não era forte em todos os lugares do país. Onde o sinal era fraco, o comportamento foi menos alterado, mas onde o sinal era mais forte, o comportamento alterou-se mais", citou padre Paulo.
Outro ponto abordado durante a entrevista é o fato de que, hoje, as crianças e os adolescentes acompanham novelas e seriados que mostram uma realidade distorcida de família e relacionamentos. O sacerdote alerta que quanto mais cedo as crianças forem expostas a esses valores não cristãos, provavelmente, se tornarão jovens e adultos influenciados por esse ambiente apresentado pelas novelas.

"A realidade das crianças é diferente da dos adultos, porque este tipo de programação tem em vista mudar o comportamento do adulto. Já para as crianças, o objetivo é moldar o comportamento delas desde cedo. A própria forma como aquela criança vai crescendo e vendo o mundo já é distorcido por essa nova realidade e esses desvalores que estão destruindo as famílias", destacou o sacerdote.
Diante de toda realidade apresentada pelas novelas e programas de entretenimento, é preciso que nós, como cristãos, não percamos a essência do que é seguir as doutrinas da Igreja e não nos deixarmos ser influenciados pela mídia.

"Não tenham medo de ser família. Sejam família, gastem-se para seus filhos, educando-os para tê-los consigo o quanto mais vocês puderem. Quem educa o filho não é o videogame, a novela, o joguinho e nada disso, mas o convívio harmonioso com os pais", disse padre Paulo.


Fonte: Christo Nhill Preaponere

Para saber mais assista ao vídeo:

 

Add comment

O Blitzdigital se reserva o direito de avaliar os comentários e moderá-los. Serão deletados os comentários que não façam referência ao assunto abordado e que usem linguagem chula, ofensas pessoais, ameaças ou mensagens ininteligíveis ou instrumentalização política do espaço. É vedada a propaganda de qualquer tipo.


Security code
Refresh

Notícias

Prev Next

Viatura da PMDF se acidenta durante perseguição

Notícias

Viatura da PMDF se acidenta durante perseguição

A viatura do GTOP bravo 21, acedentou-se gravemente ao acompanhar um carro que havia praticado assaltos na Asa Sul na noite desta segunda-feira, dia 16 de março de 2015. O veículo em fuga se dirigiu para...

17-03-2015

Morre o Sargento Vieira da PMDF em ocorrência

Notícias

Morre o Sargento Vieira da PMDF em ocorrência

A PMDF está de luto. O Sargento Vieira, do GTOP da Batalhão do Paranoá, cidade satélite de Brasília, morreu em um atendimento de ocorrência na noite de domingo, dia 15 de março. As informações apuradas pelo...

17-03-2015

O BlitzDigital agora está na Rádio Federal

Notícias

O BlitzDigital agora está na Rádio Federal

Estreou nesta sexta feira 6 de março o programa BlitzDigital na Rádio Federal. O programa vai ao ar todas as sextas feiras as 10 horas da manhã. Para ouvir ao vivo basta acessar o site da Rádio...

17-03-2015

Postos policiais são incendiados no DF

Notícias

Postos policiais são incendiados no DF

Vários postos policiais comunitários, ou PCS, foram incendiados em Brasília desde o início do ano em várias cidades do DF. Não existe ainda um número divulgado, mas desde o ano passado estima-se que 10% do total...

08-03-2015

Assaltantes aterrorizam farmácia

Notícias

Assaltantes aterrorizam farmácia

Cenas de chocantes de um assalto em Brasília. Assaltantes entraram para roubar uma farmácia na cidade de Santa Maria, cidade satélite da capital da república. Os marginais usaram de violência e constrangimento, mesmo com uma senhora e...

08-03-2015

Após acidente população saqueia carga

Notícias

Após acidente população saqueia carga

Cenas da barbárie que se transformou o Brasil. Uma batida entre dois caminhões em uma rodovia federal no interior do Brasil foi palco de cenas dignas de um filme apocalíptico: A população do local e viajantes que...

08-03-2015

Preso com arma é solto em 2 semanas e volta a cometer crime após 5 dias

Notícias

Preso com arma é solto em 2 semanas e volta a cometer crime após 5 dias

Waleques Maione e um comparsa acabaram baleados. Caso reforça estudo da SSPGO, que demonstrou que presos que deixaram a CPP em 2014 ficaram, em média, só 45 dias no presídio Após ficar preso apenas 14 dias...

18-02-2015

PMs de Goiás e Brasília fazem operação conjunta

Notícias

PMs de Goiás e Brasília fazem operação conjunta

  Hoje por volta das 05:40, viaturas da PM de Goiás faziam um bloqueio na entrada da cidade de padre bernardo, quando avistaram um spacefox prata, com placas de Minas Gerais. Os policiais militares suspeitaram dos indivíduos...

17-02-2015

Em menos de 24 horas duas Pajero da PM capotam no DF

Notícias

Em menos de 24 horas duas Pajero da PM capotam no DF

Em menos de 24 horas duas viaturas da Polícia Militar modelo Pajero Dakar, da fabricante Mitsubishi Motors, capotaram durante atendimento de ocorrências no Distrito Federal. A primeira ocorrência foi com uma viatura da ROTAM que se...

24-01-2015

Cultura

Mulher, o sexo frágil

Cultura

Mulher, o sexo frágil

O contexto atual, a chamada sociedade moderna, é construída em cima de ideais feministas. Desde Simone de Beauvoir, e seu livro "O Segundo Sexo'' (França, 1949), a imagem da mulher como sendo frágil, é rejeitada. O próprio fator biológico é ignorado para sustentar a falsa idéia de que "ninguém nasce...

26-03-2015

Cinquenta Tons de “surras” e “pauladas”

Cultura

Cinquenta Tons de “surras” e “pauladas”

Descubra a verdade por trás de "Cinquenta Tons de Cinza", a patética história que transforma um maníaco sadomasoquista em herói romântico Em um tempo longínquo, a sociedade costumava enviar sádicos para um terapeuta ou para a prisão, não para o próprio quarto. Mas, com o advento de Fifty Shades of Grey...

16-03-2015

O bebê que está mudando o debate sobre o aborto

Cultura

O bebê que está mudando o debate sobre o aborto

  Abortado espontaneamente com apenas 19 semanas de vida, Walter sobreviveu pouco tempo fora do útero. O suficiente para gerar comoção e marcar vidas. "Amontoado de células"; "Tecido"; "Apenas um feto". Essas são expressões comuns usadas pelas pessoas favoráveis ao aborto para descrever o nascituro, a fim de diminuir a humanidade dessas...

16-03-2015

O clube do carimbo e o auge da degradação sexual

Cultura

O clube do carimbo e o auge da degradação sexual

A cruel e assustadora história do "clube do carimbo", o grupo homossexual que dissemina o HIV propositalmente em casas noturnas. Todas as épocas de acentuado declínio social estão marcadas por uma exploração desmedida da sensualidade. A corrupção moral foi a principal responsável pela queda do Império Romano, dizem os historiadores [1]....

16-03-2015

Para muito além dos filmes de terror

Para muito além dos filmes de terror

O risco de pecar, perder a própria alma e ser condenado ao fogo do inferno é um drama muito mais terrível – e real – que qualquer conto de terror Os "filmes de terror" dividem opiniões. Muitos não gostam, porque, depois que assistem, não conseguem dormir à noite. Alguns, impulsionados por...

16-03-2015

O trágico fim de Herodes, o rei que mandou matar os Santos Inocentes

O trágico fim de Herodes,  o rei que mandou matar os Santos Inocentes

  O rei Herodes, o Grande (73 a.C. aprox. — primeiros anos da era cristã), passou para a História como um das figuras mais relevantes da vida judaica na transição do Antigo para o Novo Testamento. Deve-se a ele a restauração do Segundo Templo de Jerusalém e muitas obras arquitetônicas de grande...

15-03-2015

Encontrado o pretório de Pilatos em Jerusalém

Encontrado o pretório de Pilatos em Jerusalém

Há 15 anos começaram obras para expandir o museu da Torre de David, em Jerusalém. A Torre de David é a cidadela defensiva da cidade de Jerusalém próxima da Porta de Jaffa, na parte antiga da cidade. Apesar de seu nome, a atual Torre é de origem cruzada e otomana, de séculos...

15-03-2015

Jesus Cristo, o Mestre

Jesus Cristo, o Mestre

"Bem-aventurados aqueles que ouvem a palavra de Deus e a põem em prática." Caros católicos, nos dois primeiros domingos da Quaresma, consideramos quem é Nosso Senhor Jesus Cristo. Consideramos a sua divindade, nos baseando no seu título de Filho de Deus. Consideramos a sua humanidade, nos baseando no seu título de...

15-03-2015